Gratidão

Pensei em algumas questões cotidianas e cheguei a algumas conclusões, vou procurar não me queixar tanto a respeito das coisas, mas sou consciente que terei de aprender muito para chegar a esse ponto!
Ao invés de pensar e me lamentar sobre o que não posso comer, pensarei: "Como é bom ter com o que me alimentar..."
No lugar de choramingar porque o carro quebrou, ficarei grata por ter essa comodidade...
Se chover dentro de casa porque uma telha quebrou, estarei agradecida por ter um teto onde morar...
Quando as coisas não estiverem indo bem no trabalho, pensarei o quanto é bom ter um emprego...
Se discutir com o marido, pensarei: "Isso é passageiro, sou feliz por ter um companheiro ao meu lado!"
Ao invés de ficar triste quando os filhos derem trabalho, serei grata a Deus por ter me concedido a dádiva da maternidade.
Quando tiver problemas com os familiares, terei consciência de que muitas pessoas são solitárias e não podem contar com ninguém .
No lugar de me lamentar pela saúde debilitada, lutarei contra a doença com grandes armas: o bom humor e o otimismo.
E finalmente, quando meu corpo morrer, serei grata pela oportunidade de ter vivido.

Mayara Vellardi Pinheiro

4 comentários:

  1. Olá, Mayara!

    Que lindo texto!
    Realmente, a gratidão deve ser sempre maior do que qualquer dor humana.
    Adorei.
    Muita paz! Beijossss

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada, Soninha!
    Que Deus te abençoe muito!
    Beijokas no coração

    ResponderExcluir
  3. Ownnnn que texto lindo! Sou muito grata pela oportunidade de te conhecer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Giii!!! Eu amei te conhecer, você é nota 1000!!! Beijos :)

      Excluir

Gostou da postagem? Então deixe um recadinho para mim! Obrigada! :)